Companhia

Não estou à procura do par ideal, aquele que ouvirá minhas músicas e lerá meus livros, me ensinará algo, e eu compartilharei com ele o pouco que sei, o pouco que ele realmente quer saber. Não estou procurando por este. Eu procuro por algo melhor, eu procuro pelo possível, só quero mesmo é companhia, não é que estou desprezando a qualidade, não estou, estou desprezando o complemento. Quero alguém que me pertença do jeito que é, com todos os defeitos e incompatibilidades e que mesmo assim, com tudo pra dar errado, dê certo, sejamos parte inteira enquanto metades um do outro, um papo que não precisa ser interessante ou entusiástico, basta  ser suficiente, um silêncio que se não conforta também não constrange, intimidade, companheirismo, um sexo animaldisso não abro mão. Sem prescrições e apesar das contraindicações.

Anúncios

Publicado em 22 de julho de 2011, em Palavrear. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: